Organização Social e Secretaria de Desenvolvimento realizam levantamento de demandas do setor produtivo de Confecções em Goiás

25 de novembro de 2018

Cafés Tecnológicos são eventos definidos por edital para possibilitar contato, diálogo e levantamento de demandas do Setor Produtivo. O Café tecnológico  realizado pela Fundação Antares, em parceria com a Rede Itego e Secretaria do Desenvolvimento do Estado de Goiás, teve por objetivo reunir empresários do setor produtivo de Confecções dos municípios de Itaguaru, Itapuranga, Jaraguá e, Taquaral de Goiás para debater temas de interesse dos empresários, da sociedade, de representantes do poder público local, mas especialmente apoiar o levantamento de demandas para a competitividade do setor produtivo.

O evento foi realizado nos dias 18,19, 20 e 21 de junho de 2018, todos os dias às 18:00. A programação se iniciou com apresentação dos Diretores de ITEGO, quando presentes, dos Coordenadores de DIT como organizadores do evento, das autoridades políticas e empresariais presentes e, posteriormente da equipe de apoio às atividades de Desenvolvimento, Inovação e Tecnologia da Fundação Antares.

Após apresentação das autoridades e equipe da Fundação Antares, a Dra Cintia Godoi, Superintendente de Desenvolvimento, Inovação e Tecnologia falou sobre o funcionamento da política de atuação do Estado de Goiás em parceria com Organizações Sociais para apoiar atividades da Rede ITEGO e, dos Arranjos Produtivos Locais. Foi apresentada de maneira breve a importância do tema da Competitividade e da Inovação neste projeto, e salientado a importância do estabelecimento de elementos que devem ser considerados para estimular a cooperação entre os empresários do setor produtivo, e, entre o setor produtivo e a Rede ITEGO, e, elementos que devem ser considerados para estabelecer competição, especialmente entre os produtos, dos empresários.

Posteriormente, foi apresentada uma Palestra com o Mestre Sergio Caruso que abordou o tema da Competitividade, como é entendida, especialmente na escola da Microeconomia da Competitividade, cujo principal representante é Michael Porter, do Instituto de Microeconomia da Competitividade da Universidade de Harvard. Foram apresentados os principais elementos que apoiam a Competitividade, dentre eles o acesso à fornecedores, acesso à mercado de trabalho, investimentos em inovação, conhecimento do perfil dos produtores, articulação entre produtores, conhecimento do perfil dos consumidores, estratégias e instrumentos para alcançar consumidores, dentre outros elementos.

Após esta palestra foi realizado um intervalo para que as pessoas conversassem, e posteriormente voltassem para participarem da atividade com voz ativa. Os empresários contaram suas experiências, seus anseios e suas demandas, e em conjunto com autoridades políticas, educacionais e, equipe da Fundação Antares foram sendo avaliados os principais gargalos da competitividade de cada APL.

Foi reforçado ao final do evento a importância da Cooperação entre produtores, entre produtores e ITEGOS, e Cotecs, e, entre todos e a equipe da Fundação Antares para que as ações sejam construídas de maneira coletiva.